Um blog criado de pessoas para pessoas

Posts Recentes

Como eu Quebrei Minha Loja Virtual

Como eu Quebrei Minha Loja Virtual

Um tema que assombra muitos empresários e certamente irá assustar ainda mais depois de ler este artigo “Como eu Quebrei Minha Loja Virtual”. Não, isso não é uma fórmula milagrosa para você gerar mais vendas através da internet. Este material é justamente para alertar aos […]

Como Vender Mais em Tempos de Crise

Como Vender Mais em Tempos de Crise

Vamos ver um pouco sobre “Como vender mais em tempos de crise“, este é o que iremos abordar os principais por quês de estarmos enfrentando esta crise e como podemos nos sair bem dela e com um bom resultado no final. Dinheiro fácil Se analisarmos […]

Entenda os perigos de comprar um e-commerce pronto

Entenda os perigos de comprar um e-commerce pronto

Se você está pensando em levar o seu negócio para o ambiente digital, é possível que já tenha cogitado a hipótese de comprar uma loja virtual que já está pronta. Não é difícil encontrar alguém vendendo domínios de e-commerce.

Porém, é preciso muito cuidado, pois existe uma série de fatores a serem levados em consideração antes de comprar um domínio, principalmente de um e-commerce.

Hoje, vamos te mostrar quais são os perigos de comprar um e-commerce pronto, e você vai entender por que essa prática não é recomendada.

 

Os perigos de comprar um e-commerce pronto ao invés de começar do zero 

 

Domínio 

A primeira questão a ser levada em consideração é referente ao domínio em si. É muito comum uma pessoa estar vendendo um domínio por não estar conseguindo ter o resultado esperado.

O que deve ser investigado aqui é o estado em que o domínio se encontra. Se este domínio estiver penalizado, por exemplo, não será possível aparecer nos resultados de buscas e todo o trabalho de SEO (Search Engine Optimization – ou Otimização para Mecanismos de Busca) será em vão.

Além disso, é preciso prestar atenção na relevância do domínio. Um domínio fraco, bombardeado por links de baixa relevância e com excesso de links no-follow (aqueles que não passam relevância para o site) é um dos perigos de comprar um e-commerce pronto.

 

Excesso de dados 

Outro perigo de comprar um e-commerce pronto é que haja excesso de dados no domínio. Isso pode ocorrer por um longo período de atividade não regulada, com diversos uploads, posts, páginas e conteúdo em geral sendo colocado mensalmente no site.

Da mesma forma, quando algo é removido, é necessário remover tudo o que não for mais utilizado e que estiver relacionado, ou haverão dados soltos que não servem para nada, “flutuando” no meio do site.

Isso só deixa o carregamento das páginas mais lento, podendo inclusive ocasionar erros. Além disso, é difícil encontrar e remover esses dados posteriormente. Esse é mais um motivo pelo qual é melhor iniciar uma loja virtual do zero.

 

Estrutura do site 

Na maioria das vezes, a estrutura do site não é o que se espera. À primeira vista, pode parecer bom, mas à medida que você vai modificando e navegando pelo e-commerce, percebe diversas falhas em sua estrutura.

Esse é um ponto que pode ou não acontecer, mas definitivamente, é um dos perigos de comprar um e-commerce pronto e deve ser verificado.

Uma estrutura malfeita dificulta a mais simples das atividades, como encontrar um produto ou cadastrar um novo, entrar em contato, encontrar uma página no menu, dentre outras coisas.

 

Plataforma do site 

Quem já trabalha com e-commerce sabe quais sãos as melhores plataformas do mercado para desenvolver um site. Porém, quem está comprando um e-commerce pronto pode não possuir esse conhecimento ainda.

Nessas horas, é fácil acabar comprando um site construído em uma plataforma não recomendada. Se você não escolher bem a plataforma do seu site, pode perder uma série de recursos que somente as melhores plataformas oferecem.

Isso significa que seu e-commerce ficará limitado, de forma que pouca personalização será possível. Muitas vezes, não é possível adicionar funções úteis que facilitam a vida tanto do usuário quanto dos administradores do site.

Ter um site montado em cima de uma plataforma genérica é um dos perigos de comprar um e-commerce pronto.

 

Erros no código 

Falamos sobre o excesso de dados e o quão incômodo pode ser isso, agora vamos falar sobre os erros de script em si. Quando um site possui erros no código, é comum acessarmos páginas que não existem, botões que não fazem nada, elementos fora do lugar ou até mesmo links que não funcionam.

Esses erros acabam se acumulando pela falta de manutenção e podem gerar muita dor de cabeça no novo dono do site. Na maioria das vezes, são erros difíceis de serem encontrados no meio do código e levam tempo para serem consertados.

Dependendo do erro, é necessário mudar uma série de outros fatores para finalmente poder consertar o que estava aparentemente fora do lugar. Os erros no código são um dos principais perigos de comprar um e-commerce pronto.

Infelizmente, não há como descobrir esses erros a menos que você esbarre neles durante a navegação, e a maioria dos compradores não vai navegar pelo site completo antes de realizar a compra.

 

Links quebrados 

Os links quebrados entram em seguida, logo após os erros no código. Na verdade, links quebrados podem ser advindos de erros no código. Quando você acessa um link e cai em uma página que diz que o conteúdo não pode ser exibido ou que o navegador não encontrou a página em questão, o link está quebrado.

Novamente, só é possível descobrir a existência desses links uma vez que você os encontra e os testa. Mais um dos perigos de comprar um e-commerce pronto e que pode dar muito trabalho se você quiser consertar todos os links.

E se você comprar um e-commerce com links quebrados (que quase sempre existem aos montes), é melhor os encontrar e os consertar antes que o seu usuário os encontre por você.

 

Hospedagem 

Tecnicamente, você pode mudar de hospedagem a qualquer momento. Porém, se você está comprando um site pronto, quer que tudo esteja funcionando quando assumir. Ou seja, você não quer ter o trabalho de fazer nada além de colocar login e senha para começar a editar.

Quando você compra um e-commerce, ele pode estar hospedado em uma infinidade de servidores ao redor do mundo. Fatores como a localidade, o volume de dados, contas de e-mail, espaço disponível, bem como a tecnologia utilizada pelo serviço podem ser determinantes para você ter um bom e-commerce.

A melhor maneira de evitar esse perigo de comprar um e-commerce pronto, é iniciando um do zero e hospedando em um servidor adequado e de confiança.

Por este e por todos os motivos que citamos acima, é muito melhor desenvolver o seu e-commerce a partir do zero. Pense bem ates de comprar um site que pode apresentar todos esses empecilhos.

A Importância de contratar uma empresa de Marketing Digital

A Importância de contratar uma empresa de Marketing Digital

É evidente o quanto o mundo digital vem interferindo nas novas formas de fazer negócio. Agora as empresas devem focar em criar uma forte marca no ambiente digital, assim como contribuir para a sua manutenção. Uma das melhores formas de fazer isso hoje em dia […]

10 Motivos para abrir a sua loja virtual.

10 Motivos para abrir a sua loja virtual.

Com a internet e os recentes avanços na tecnologia, ficou muito mais fácil e rápido para comprar e vender online. O impacto desses avanços têm provocado mudanças, sobretudo em relação ao tempo e a forma como as pessoas passam conectadas. Usuários da internet em todo o […]

Como vender qualquer coisa utilizando o Marketing Digital?

Como vender qualquer coisa utilizando o Marketing Digital?

Muito se fala em marketing digital, mas você sabe como vender qualquer coisa utilizando o marketing digital da forma correta? Quem nunca fez um anúncio nos grupos do Facebook para tentar vender algum item que não usa mais? Ou quem tem mais de 25 anos, deve se lembrar dos sites de classificados que eram febre há uns 6 anos atrás.

Hoje, vamos te ensinar como vender qualquer coisa utilizando o marketing digital através de vários canais. Acompanhe!

Como vender qualquer coisa utilizando o marketing digital?

FACEBOOK

Atualmente, a febre são os grupos de Facebook. Nestes grupos é possível vender qualquer coisa. Mas para quem tem uma empresa e precisa vender os seus produtos e serviços, oferecer em grupos de Facebook é bom? O Facebook fez uma mudança significativa no seu código há poucos meses atrás justamente para “condenar” empresas e empresários a pagar por um anúncio.

O que isso significa? O Zuckerberg está preocupado com o congestionamento de publicações de empresas e influenciadores que utilizam a rede para disseminar o seu conteúdo que, na maioria das vezes, não era interessante para o usuário. Após esta mudança percebe-se que as publicações orgânicas estão atingindo menos de 10% dos seguidores do perfil das empresas.

Por outro lado, fazendo uma publicação paga no Facebook, por exemplo, o empresário consegue direcionar a publicação para um público muito específico. Pode inclusive escolher a faixa etária do público, o sexo, a renda familiar e os principais interesses do público. Portanto, podemos dizer que um anúncio pago é uma das formas de vender qualquer coisa utilizando o marketing digital.

BLOG

Se o seu produto ou serviço é algo que está em alta, com muita gente procurando, mas sua marca é pouco conhecida, o blog é uma ótima forma de vender qualquer coisa utilizando o marketing digital. O blog pode ser usado como uma ferramenta de venda indireta, ou seja, no blog você pode ensinar as pessoas a usar o seu produto, dar dicas para aumentar a durabilidade, dicas de aplicação, ensinar como comprar, como pagar, pode escrever
sobre qualquer coisa.

A primeira coisa antes de fazer um blog e começar a criar conteúdo, é fazer um planejamento para definir o objetivo do blog. O que você pretende com o blog? Como pretende guardar os dados dos interessados pelo produto ou serviço?

E-MAIL MARKETING

Outra forma de utilizar o marketing digital para vender qualquer coisa é o e-mail marketing. Este é um serviço que funciona muito bem para B2B (business to business, ou empresa para empresa em português). Já quando seu objetivo é B2C (business to consumer, vender diretamente para o
consumidor final) deve ser feito um planejamento um pouco diferente, pois a grande maioria das pessoas não abre o e-mail.

Uma boa chamada para o e-mail marketing é ter um conteúdo muito bom no blog e uma Landing Page para captura de e-mail de pessoas interessadas em seu produto. Desta forma, o cliente solicita receber mais informações. Estatísticas mostram que e-mail com link para acessar um site, uma loja virtual ou um blog tem maior interação com o usuário. E botões para acessar rede social tem grande chance de sucesso com o leitor do e-mail marketing.

MERCADO LIVRE

O Mercado Livre serve tanto para empresas como pessoas físicas, e é possível vender qualquer coisa, com um pequeno porém. Seu anúncio só aparece se você pagar para o Mercado Livre por um anúncio em destaque, caso contrário ficará no final da lista e terá bem poucas visualizações.

Criar um anúncio no Mercado Livre e compartilhar o link nas redes sociais é uma boa pedida, o porém neste caso é: por que pagar comissão para o Mercado Livre vender o seu produto se você mesmo tem que fazer a divulgação?

Outro detalhe que o Mercado Livre tem e particularmente não agrada em nada é a restrição de dados dos interessados. Ok, você faz a venda e pega os dados do cliente, mas e os clientes que acessão o seu anúncio? Você não tem acesso a esses dados. Como fazer um trabalho de Marketing Digital para esse público?

LOJA VIRTUAL

Apesar de haver milhões de usuários no Facebook e no Mercado Livre, a nossa dica de ouro para vender qualquer coisa utilizando o marketing digital é: tenha sua própria loja virtual para vender os seus produtos. Utilizar as redes sociais é sempre bom, mas ao mesmo tempo é um risco. Os seguidores que você tem no Facebook não são seus. E se, porventura, vem uma grande empresa e compra o Facebook e o fecha, como ocorreu com o Orkut, como você irá vender seus produtos?

Criar uma loja virtual própria não é tão caro e o serviço é praticamente o mesmo de fazer um anúncio no Mercado Livre ou Facebook, sendo que o resultado certamente será mais satisfatório e mais garantido. O valor de comissão que você pagaria para o Mercado Livre gerenciar a transação de compra e venda cobre tranquilamente os custos de uma loja virtual. O valor gasto em publicidade no Facebook ou no Google não será muito diferente.

Aplicando essas dicas para vender qualquer coisa utilizando o marketing digital, você já terá um resultado muito melhor.

Como aumentar as vendas da sua farmácia com ajuda da internet

Como aumentar as vendas da sua farmácia com ajuda da internet

Toda empresa ou empreendimento deve levar em consideração que, nos últimos anos, a internet cresceu e tomou o primeiro lugar entre todos os meios de comunicação. Devido a este desenvolvimento, a divulgação de produtos e serviços também migrou para a internet. Hoje, uma empresa que divulga seus produtos […]

Como fazer marketing da forma correta

Como fazer marketing da forma correta

Marketing é fazer propaganda, fazer material de publicidade e distribuir isso por todo o canto e chamar a atenção do talvez clientes, do talvez tenha interesse em nossos produtos e serviços. NÃO. Isso não é marketing, o marketing vai muito além de fazer e distribuir […]

Pequenos Detalhes Fazem Toda a Diferença

Pequenos Detalhes Fazem Toda a Diferença

Se você está pensando em iniciar um novo negócio online ou offline, ou já tem um negócio e pretende expandir os seus horizontes, leia com bastante atenção a estas dicas que vou lhe dar.

Este post é um sequência do Como fazer Marketing da Forma Correta

Não importa se pretende ser um empreendedor digital ou não, faça um bom planejamento antes de começar a gastar dinheiro atoa e depois de alguns dias perceber que não obteve resultados.

Um bom planejamento começa justamente pelo bem mais importante que você tem. Você sabe qual é o seu bem mais importante? aposto que você disse que é o cliente! não, não é o cliente; seu bem mais importante é o produto ou serviço que você produz, vende ou realiza.

Isso vai totalmente contra o que a maioria dos coach tentam fazer você acreditar não é mesmo? O seu produto ou serviço deve ser impecável para que o cliente queira ele, caso contrário não terá venda e se tiver venda não terá recompra.

Embalagem do Produto

Observe atentamente como está a embalagem do seu produto, o cliente vai receber o produto e qual será a primeira impressão que ele terá. A embalagem não deve estar amassada, rasgada, danificada, mesmo que o produto seja muito resistente e não tenha perigo de quebrar ou rasgar, cuide para o cliente receba o produto impecável.

E como está o seu processo de logística, o frete está com preço bom para o cliente. Seu cliente está recebendo o produto dentro do prazo estipulado. Melhor receber 3 dias antes do combinado do que 1 dia depois. Caso não esteja conseguindo cumprir os prazos de entrega informe um prazo maior para o cliente assim ele não ficará tenso para receber o produto, e não prestara atenção aos pequenos detalhes. Se a entrega estiver atrasada ele vai conferir os mínimos detalhes do produto antes de dar o ok na compra.

Atendimento

Como está o seu atendimento ao potencial cliente, você está respondendo as perguntas em menos de duas horas, mesmo que a pergunta seja absurdamente besta de um retorno educadamente para o cliente e mostre a ele que você é o cara.

Para ser um bom vendedor primeiro deve-se conhecer muito bem o produto ou serviço que você está oferecendo. Você já leu o manual do produto? o produto é produzido por você, ótimo, já escreveu o manual então, seu manual segue junto com o produto? Hum, você vende serviços, e o seu serviço está bem planejado, existem um contrato dizendo da onde até a onde é a sua responsabilidade, quais os deveres do seu cliente, que ferramentas ele deve oferecer para você concluir o serviço.

Agora que você já verificou a embalagem e a qualidade do produto entregue vamos planejar a venda propriamente dita, qual é o processo de compra do seu cliente? ele entra na loja escolhe o produto passa no caixa faz o pagamento e vai embora? Ou então ele entra na loja é recepcionado por um atendente que pergunta o nome dele, e o que ele procura e daí sim o conduz até o item do interesse, para apresentar uma solução que atenda a necessidade que ele veio até você para satisfazer.

Se a pessoa veio até você ou sua loja para adquirir ou especular sobre um item, mostre a ele que você entende do assunto, que conhece as necessidades dele, e que ao adquirir a sua solução ele ficará mais satisfeito do que se tivesse ido ao concorrente. Mas lembre-se nunca desfaça o nome ou o produto do concorrente, isso não é legal e futuramente você poderá estar fechando uma parceria com aquele produto e será você a pessoa que vai vender um produto de baixa qualidade.

Atente-se para os mínimos detalhes, mantenha uma lista com os dados dos clientes quais os produtos ele comprou com você, quais os produtos ele pediu informação e não comprou. Faça uma ligação para o cliente e pergunte se ele comprou com outra empresa ou ainda está decidindo.

Aproveite o espaço abaixo e nos ajude, deixe sua opinião sobre este assunto.

Imagens de boa qualidade para os artigos

Imagens de boa qualidade para os artigos

Usar imagem de boa qualidade para os artigos e para as fotos dos produtos é algo fundamental para um bom resultado na internet. Em tempos onde o que vale é a informação e o conhecimento adquirido e a capacidade de transmitir esse conhecimento tem mais […]


Eventos

Caracteristicas do Vendedor Águia

Caracteristicas do Vendedor Águia

Todos dizem que vender é fácil, vender é tudo de bom, só fica andando por ai e conversando com os clientes, tentando enrolar um aqui um ali e fechar algumas vendas. Mas você já parou para pensar o quanto é complicado ser um bom vendedor? Que venda sua própria imagem como uma pessoa de confiança, tanto no pessoal quanto no profissional.

O bom vendedor precisa primeiro conquistar a confiança do seu cliente para depois fechar boas vendas, e para ser um bom vendedor deve primeiro conhecer e confiar no produto ou serviço que está oferecendo.

Criamos uma lista com 10 dicas para se tornar um vendedor ÁGUIA.

 

1. VENDEDORES ÁGUIAS São persistentes.

Vender ou gerenciar seu próprio negócio requer uma grande dose de persistência. Os obstáculos aparecem frequentemente em sua frente, porém a forma como são ultrapassados determinam o nível de sucesso que alcançará.

As pessoas mais bem sucedidas em qualquer ramo de negócios aprenderam como lidar com os obstáculos que se apresentam em seu caminho. Elas procuram por novas soluções, persistem e nunca desistem.

 

2. VENDEDORES ÁGUIAS Bons vendedores sabem definir objetivos.
Bons vendedores sabem o que querem realizar e como planejar para alcançar seu objetivo.

Eles definem os objetivos de uma forma específica, motivadora, viável embora desafiante e com datas bem definidas.

Eles visualizam o objetivo, determinam como será alcançado e executam ações diariamente para alcançá-los.

 

3. VENDEDORES ÁGUIAS sabem fazer as perguntas-chaves
Os melhores vendedores fazem várias perguntas aos seus clientes (atuais e futuros) para determinar sua situação atual e as necessidades de compras.

Eles sabem que a melhor forma de apresentar seus produtos ou serviços é descobrir os objetivos, preocupações e hesitações dos seus clientes.

Isto permite que efetivamente discutam as características e benefícios do produto ou serviço que melhor se adaptam ao cliente.

 

4. VENDEDORES ÁGUIAS sabem ouvir

A maior parte dos vendedores faz uma pergunta e depois eles mesmos respondem a pergunta ou continuam a falar em vez de esperar uma resposta do cliente. Os bons vendedores sabem que seus clientes informarão tudo que necessitam se tiverem a oportunidade de falar. Sabem fazer perguntas e ouvir as respostas com bastante atenção e até tomar nota das respostas e resumi-las posteriormente. Eles sabem que o silencio é de ouro.

 

5. VENDEDORES ÁGUIAS são apaixonados pelos seus produtos
Eles amam sua empresa e mostram seu orgulho falando sobre seus produtos ou serviços. Quanto mais entusiasta for em relação à sua carreira, maiores serão as chances de sucesso pois quando se ama o que está se fazendo mais esforço colocamos neste trabalho. Quando somos entusiastas sobre produtos ou serviços que vendemos, este entusiasmo brilhará em cada conversa que terá.

 

6. VENDEDORES ÁGUIAS são entusiastas

VENDEDORES ÁGUIAS tem sempre uma atitude positiva e seu entusiasmo é contagiante, mesmo durante períodos difíceis. Eles raramente falam negativamente sobre sua empresa ou negócios. Quando enfrentam situações negativas ou ruins eles focalizam em pontos positivos.

7. VENDEDORES ÁGUIAS assumem a responsabilidade pelos resultados.
Se não conseguem atingir as cotas eles não culpam problemas internos ou a economia ou a concorrência. Eles sabem que somente suas ações determinarão os resultados e sabem fazer o que é necessário.

 

8. VENDEDORES ÁGUIAS trabalham muito.
A maior parte das pessoas quer alcançar o sucesso porém não estão preparados para trabalhar muito para conseguir alcançar seus objetivos. Os grandes vendedores procuram negócios e não esperam que os negócios venham até eles. Normalmente iniciam a trabalhar bem mais cedo que seus colegas; telefonam mais; contatam mais clientes em potencial; conversam mais com pessoas e fazem mais apresentações de vendas do que seus colegas.

 

9. VENDEDORES ÁGUIAS sempre estão em contato com seus clientes.
Eles sabem que o contato constante ajuda a manter os clientes. Assim, usam vários artifícios para sempre estar em contato com os clientes. Enviam mensagens de agradecimentos, de aniversário etc. Telefonam e programam cafés da manhã, almoços etc. Enviam artigos importantes para seus clientes e, também, boletins informativos. Estão sempre procurando novas formas de manter seu nome e o da sua empresa na mente de seus clientes.

 

10. VENDEDORES ÁGUIAS sabem demonstrar o valor dos seus produtos e serviços.
O mundo de negócios hoje é muito competitivo e muitos vendedores pensam que somente o preço é o fator motivador. Bons vendedores sabem que o preço é um fator importante em toda venda entretanto é raramente o único fator na escolha de um produto ou fornecedor. Eles sabem que um comprador bem informado baseia muito de sua decisão no valor da proposta apresentada pelo vendedor. Sabem como valorizar o seu produto para cada cliente ou comprador.